Desenrolando o cotidiano

Desenrolando o cotidiano
Este é um blog de dicas naturais para melhorar sua vida! Porém, seguir os conselhos não exclui a necessidade de tratamento médico para seus problemas...

sábado, 26 de setembro de 2009

Rir faz bem a saúde










Estudo confirma que rir faz bem à saúde.



O riso faz bem ao coração, enquanto a depressão aumenta os riscos de problemas cardíacos e de mortalidade, indicam dois estudos apresentados  no congresso anual da Sociedade Americana de Cardiologia (ACC).

Ambos os estudos, realizados por pesquisadores das universidades de Maryland e da Carolina do Norte, assinalam a influência direta dos fatores psicológicos na saúde humana.

Segundo Michael Miller, da Universidade de Maryland, "a amplitude da alteração observada no endotélio (tecido que recobre a parede interna dos vasos) nas pessoas que riem é semelhante à que teriam numa atividade física intensa".


Isso não significa, porém, que o riso seja um substituto do exercício físico regular para manter a saúde cardiovascular, advertiu. "Trinta minutos de exercício, três vezes por semana, e 15 minutos de riso todos os dias são muito bons para o sistema vascular", afirmou.

No estudo, Miller exibiu trechos de dois filmes, um cômico e outro dramático, a 20 voluntários cujo sistema vascular estava sob observação.

A investigação centrou-se no comportamento do endotélio, que se contraiu nas cenas mais tristes, reduzindo a passagem do sangue em 14 dos 20 voluntários.

Por contraste, quando os espectadores riram nas cenas cômicas, o sangue fluiu muito mais livremente em 19 deles.
Na maioria dos casos, a aterosclerose, ou endurecimento das artérias, tem início no endotélio.

O outro estudo, coordenado por Wein Jiang, da Universidade de Duke, na Carolina do Norte, concluiu que a depressão --causadora muitas vezes de um estilo de vida nocivo à saúde (tabagismo, álcool e abuso de medicamentos)-- aumenta em 44% os riscos de mortalidade.

"Esta associação adversa da depressão a uma maior mortalidade é independente de outros fatores, incluindo a idade, o casamento, as funções cardíacas e as causas básicas dos problemas cardíacos", afirmou Jiang, que examinou mais de mil doentes cardíacos para determinar o seu nível de depressão.

Ainda não é clara a razão, acrescentou, mas os pacientes com depressão abstêm-se em geral de fazer exercícios físicos ou de tomar os seus medicamentos de forma adequada.

"Da mesma forma, esses pacientes também tomam decisões nocivas à saúde, nomeadamente em relação à dieta ou ao consumo do tabaco", afirmou.
Os dois estudos parecem assim demonstrar que os estados de alma têm efeitos fisiológicos muito significativos.


Fonte: Internet









4 comentários:

  1. Maravilha o seu cantinho.
    Na intenção de divulgar o meu trabalho, cheguei até você.
    Gostei muito do seu espaço. Eu não estou podendo ler tudo de uma vez porque a tela do computador atrapalha um pouco a minha visão, mas certamente voltarei mais vezes. O meu oftamologista pediu que desse um tempo da telinha... e eu sou fraca ?
    O meu território já está demarcado.
    Convido a dar uma espiada em "FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER.." ( o seu cantinho de leitura), em:
    http://www.silnunesprof.blogspot.com
    Terei sempre uma história para contar.
    Saudações Florestais !

    ResponderExcluir
  2. Valeram as dicas,estão facilitando o meu dia a dia.

    ResponderExcluir
  3. Está aí um remedio preventivo e gratuíto, que sem dúvida contribui para o nosso bem estar. Rir com vontade faz bem não só para o coração como também pra alma. Obrigada pelo lembrete!

    ResponderExcluir
  4. Eu que o diga...vejo pelo menos uma comedia por dia para rir com vontade. Não posso me queixar da minha saúde, pois sinto-me cada dia melhor.

    ResponderExcluir